Notícias

29/01/2019

OGE cria canais para receber manifestações sobre rompimento de barragem de rejeitos em Brumadinho

Ouvidoria Geral do Estado de Minas Gerais disponibiliza novos canais para acolher as manifestações, encaminhar aos órgãos competentes e retornar aos cidadãos

 

Dúvidas, reclamações, denúncias, sugestões, críticas e todas as formas de manifestações da população mineira acerca do rompimento da barragem de rejeitos da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, poderão ser enviadas à Ouvidoria Geral do Estado, por meio das novas ferramentas: WhatsApp (31) 9 9802.9713 ou pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. As demandas serão recebidas pela Ouvidoria Ambiental, em conjunto com as Ouvidorias Especializadas de Saúde e de Polícia.

Os novos canais de atendimento, implementados como medida de urgência, têm caráter humanitário, ao proporcionar interlocução entre a população, que se encontra fragilizada e carente de informações, e os órgãos competentes de cada área como Saúde, Meio Ambiente, Polícia, Defesa Civil, dentre outros. O número de telefone, via aplicativo, será incorporado, definitivamente, aos outros canais já disponíveis no Órgão. Os cidadãos mineiros também podem acessar o site:
www.ouvidoriageral.mg.gov.br ou ligar para o Disque-Ouvidoria: 162.

Para Simone Deoud, Ouvidora Geral do Estado de Minas Gerais, “neste momento de dor, que assola o entorno da barragem e deixa todo o país desolado, a OGE participa de força-tarefa em prol das vítimas, funcionários, familiares e comunidades atingidas. Por meio de nossos canais, recebemos as demandas dos cidadãos, acolhemos, encaminhamos e retornamos, cumprindo assim, com nossa missão de atender ao cidadão mineiro, sendo seu interlocutor com a administração pública estadual”.