Notícias

07/05/2020

População já tem acesso a 100 % dos serviços digitais ofertados pela Ouvidoria-Geral do Estado

A inovação apresentada pelo órgão faz parte do Programa Minas Atende do governo do Estado que trabalha no aperfeiçoamento dos serviços públicos.

 

A Ouvidoria-Geral do Estado de Minas Gerais está cada vez mais alinhada à tecnologia, possibilitando a acessibilidade ao cidadão mineiro. Atualmente, os serviços oferecidos pela OGE/MG são 100% digitais. A novidade foi divulgada pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag/MG). Os dados foram coletados pelo Índice de Transformação Digital, do Programa Minas Atende, que tem como objetivo a transformação dos serviços públicos de todo o Estado com foco na população. É um instrumento desenvolvido para medir o grau de digitalização dos serviços dos órgãos e entidades e sua evolução.

Para determinar o indicador, é realizada uma avaliação de cada etapa dos serviços, conforme classificação:

MG atende A

E após a avaliação dos serviços, o índice é gerado tendo como base a fórmula etapas digitais + etapas autosserviços, chegam ao total de etapas.

MG Atende B

A ouvidora-geral do Estado de Minas Gerais, Simone Deoud, destaca o papel da Ouvidoria nesse avanço tecnológico. “ A OGE tem contribuído para que o governo do Estado possa aprimorar os serviços públicos estaduais, simplificando e facilitando a interlocuçao do cidadão com o Estado”, explicou.

Na avaliação do diretor central de atendimento eletrônico da Seplag, Damião José Rodrigues Rocha, a transformação digital tem permitido ao Governo do Estado, agilizar processos e economizar. “ Com a digitalização dos serviços, por parte dos órgãos, o Estado consegue facilitar e tornar mais rápido o atendimento ao cidadão, já que sua solicitação é feita online, além de permitir economia de recursos, uma vez que o atendimento eletrônico é mais barato que o presencial”, pontuou Damião.

Minas Atende 

Criado em 2019, o programa tem como premissas a utilização de práticas inovadoras, soluções digitais e o estabelecimento de parceria com várias organizações para oferecer a melhor experiência para o cidadão quando ele utilizar o serviço público. Coordenado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), ele atua em três frentes: a simplificação de procedimentos, por exemplo, com a eliminação em muitos processos da exigência de autenticação de documentos e de reconhecimento de firma; a inovação nos serviços públicos, com foco na digitalização de processos; e a melhoria do relacionamento com o cidadão, aprimorando canais de atendimento e disponibilizando novas plataformas.