Notícias

07/06/2019

Ouvidora-Geral do Estado de Minas Gerais recebe Medalha Alferes Tiradentes

A comenda, concedida durante a comemoração dos 244 anos da Polícia Militar de Minas Gerais, homenageia personalidades e instituições que prestam relevantes serviços à sociedade mineira.

 

A ouvidora-geral do Estado, Simone Deoud Siqueira, participou na manhã desta sexta-feira (7/6), da solenidade de comemoração do 244º aniversário da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), na Academia de PMMG, em Belo Horizonte. Ao ser agraciada, Simone Deoud destacou a importância do trabalho desenvolvido pela Ouvidoria, em conjunto com a Polícia. “A medalha representa o reconhecimento de que estamos no caminho certo, em direção à excelência na prestação de serviços ao cidadão mineiro. Sinto-me muito honrada ao receber a mais alta comenda da Polícia Militar, representando a Ouvidoria-Geral do Estado, órgão fundamental para a transparência e ética na administração púbica.

Durante o evento, o governador, Romeu Zema, o vice-governador, Paulo Brant, e secretários de Estado também receberam a honraria. Em discurso, Zema ressaltou o trabalho da PMMG e os resultados obtidos com a redução dos índices de criminalidade no estado. “Gostaria de dar meus parabéns a Polícia Militar de Minas Gerais pelos números apresentados neste ano de 2019, em especial o desempenho que estamos obtendo na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Em toda Minas Gerais, estamos tendo queda expressiva, apesar da falta de recursos, o que significa mais comprometimento e eficiência da polícia”, afirmou o governador. “Estamos reduzindo a criminalidade em números expressivos, superiores a 20% com relação ao ano passado, mesmo com toda dificuldade financeira do Estado”, completou.

Todos os 12 crimes monitorados mensalmente pelo Governo de Minas tiveram queda, na comparação entre os quatro primeiros meses de 2019 e o mesmo período de 2018. Importante medidor da sensação de segurança da população, os registros de roubo tiveram quase 9 mil ocorrências a menos no período de janeiro a abril deste ano, no comparativo com 2018. Foram 20.610 casos em 2019, contra 29.434 no ano passado – queda de 29,9%. Na capital, a redução dessa modalidade criminosa foi de 31,9%, com os registros passando de 9.829 para 6.690.

Avaliando o interior do estado, o resultado alcançado também é importante. Dos 853 municípios mineiros, 663, o que significa 77,7% do total, não registraram roubos ou tiveram melhoras em seus índices, avaliando os primeiros quatro meses deste ano e do ano passado.

Romeu Zema citou ainda ações de sua gestão voltadas aos servidores públicos e aos municípios. “Nesse ano de 2019, prefeitos estão recebendo repasses constitucionais desde 1º de fevereiro. O funcionalismo público estadual já tem previsão do dia que vai receber seu salário. Gostaria de estar pagando em dia, mas vamos chegar lá”, pontuou.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Giovanne Gomes da Silva, destacou que a redução da criminalidade tem deixado o estado mais seguro para se viver e atrativo para novos investimentos, que terão como consequência a retomada do crescimento econômico e a melhoria da qualidade de vida. O comandante explica as principais estratégias do novo plano de atuação da corporação.

“Em cumprimento às diretrizes do novo governo, com o lançamento do programa Minas Segura, estamos estabelecendo estratégias que objetivam o aumento da sensação de segurança, redução do medo do crime na zona rural, repressão qualificada à violência e ao crime, implementação e utilização de tecnologia para potencializar a execução da atividade operacional”, afirmou o coronel Giovanne.